Pokemon Ghost Life


 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Akuma School
Akuma School Icon_minitimepor Rin Phantomhive Qui Jan 08, 2015 8:44 pm

» Vampire School
Akuma School Icon_minitimepor Rin Phantomhive Ter Jun 24, 2014 1:12 pm

» Laboratório
Akuma School Icon_minitimepor CosmoSeed Qui Jan 16, 2014 7:47 pm

» meu pokemon lixeba
Akuma School Icon_minitimepor schlucubia Sex Nov 22, 2013 10:52 am

» Ty love (Gomen por estar postando aki amor ><)
Akuma School Icon_minitimepor Amante Da Berta Hu3 Ter Out 08, 2013 9:51 pm

» Uma nova garota
Akuma School Icon_minitimepor Grazinha ^.^ Ter Set 17, 2013 6:09 pm

» Pokeball House
Akuma School Icon_minitimepor ferdalinha Sab Jul 13, 2013 10:12 pm

» Pokemon - Jornada em Unova
Akuma School Icon_minitimepor ferdalinha Sab Jul 13, 2013 9:59 pm

» Fonte de orgulho
Akuma School Icon_minitimepor Rin Phantomhive Sab Jun 29, 2013 3:16 pm

» Área De Captura De Debito
Akuma School Icon_minitimepor Debito Arcana Qua Jun 19, 2013 5:47 pm

Bônus Pokémon
Olá pessoal você ai atras desse pc , sim você mesmo venha participa do forum e participa dessa oferta se voçê trazer 1 ou 2 amigos você ganhara um lindo darkrai e 5 ultra ball , o que estão fazendo ainda ai vão perder essa chance de ter um darkrai e mais 5 ultra ball ?Akuma School Rsitem002 Akuma School 491
Os membros mais ativos do mês
Setembro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
CalendárioCalendário
Banner do Forum
Teeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee Amooo mt berta-sama *-* sempre irei te amar minha vida éh vc ~ ao seu lado eu sempre vou ficar ~ minha eterna e kawaiii hime-sama ^^ ta baka mas foi de kokoro u.u

Compartilhe
 

 Akuma School

Ir em baixo 
AutorMensagem
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:11 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2189600,130720141542

Flash Back on

Uma garota de longos cabelos escuros corre até um homem mas ele fica em chamas e cai no chão morto.A garota de 15 anos se ajoelha no chão e começa a chorar e vê uma espada brilhando para si e então ela estica suas mãos até a mesma
Flash Back off

Yo sou Yui Nikushimi…nome esquisito né? Mas foi assim que me chamam desde que me entendo por gente... Tenho 15 anos e estou em um colégio,coisa que nunca estive em toda a minha vida...fui criada com meu pai adotivo mas ele morreu e agora estou nesta escola diferente.Podem achar estranho o termo “diferente” mas esse local se divide em dois e os alunos são selecionados para ficarem em um dos lados,por mais estranho que pareça,neste lado em que eu estou todos parecem ser assustadores...não sei o que está acontecendo mas acho que não existe pessoas normais aqui,mas quem liga para isso?Nem eu sou normal...possuo chamas que queimariam a alma de uma pessoa facilmente.E por isso...eu me odeio...

Yui POV´s off

Yui chega em seu quarto e veste o uniforme escolar,ele era todo preto e então a garota coloca seus longos cabelos escuros como a noite soltos e sai andando em direção á sala.
Yui olha os alunos um pouco assustada,e logo o professor apresenta ela que diz:
-O-oi,s-sou Yui Nikushimi...sou nova aqui e espero que possamos ser amigos.
E então a garota se senta em sua cadeira no fundo perto da janela e as aulas começam.Tudo parecia normal até que o professor diz:
-Sei que cada um de vocês tem uma habilidade sobrenatural,esse colégio foi feito para treinar vocês e seus poderes – o professor dá um sorriso cruel e uma risada de desprezo dizendo- tenho pena de vocês- e assim de retira o homem.

Yui POV´s on
Me levanta assustada e olho para os alunos,mas eles pareciam um pouco calmos para o que estava acontecendo e então me sento com as bochechas rosadas de vergonha e sinto algo tocar o meu braço e me viro e vejo uma garota de cabelos rosados presos nos lados e que usava um uniforme igual ao meu mas com detalhes rosa claro e então eu a olho surpresa.

-Olá ^^ Sou Houka Yuki,vi que você está assustada com o que está acontecendo mas digo para ficar tranquila pois todos nós somos descendentes de criaturas ou demônios e tenho 3 coisas importante para lhe dizer,primeira que vamos ser treinados para ficarmos mais fortes,segunda cuidado com algumas pessoas daqui,as aparências enganam e terceira,a nossa sala é a única sala sobrenatural,as outras são alunos normais pelo o que eu estou sabendo,na hora do treinamento seremos levados para um outro local,foi o que me disseram quando cheguei aqui – disse a garota ainda segurando o meu braço e então sorrio e a mesma solta ele.
-A-arigato,mas por que a escola foi divida em duas partes? Existe uma enorme grade bem longe daqui separando um lado da escola idêntico á esse,será que lá também tem alunos como nós? E por que é tão difícil chegar perto dessa grade?
-Não posso lhe responder a primeira pergunta mas existe seguranças protegendo essa grade,mas acho que não devemos nos intrometer com essas coisas,bem espero que sejamos amigas – diz Houka-san estendo a mão sorrindo e então eu seguro a mão da mesma retribuindo o sorrisso.
-Seremos amigas Houka-san

Depois disso uma voz ecoa na sala e fico olhando para onde vinha,era uma voz fria de uma mulher e então a voz diz.
“Todos os alunos vão para o pátio para receberam as instruções de sobrevivência”

Instruções de sobrevivência?! Isso é uma escola ou o que?!
Eu queria questionar mais mas segui os alunos e fomos ao pátio e ficamos esperando a dona desta misteriosa voz até que aparece uma mulher de cabelos curtos e com uma cor escura como vinho e uma roupa estranha e preta e então ela encara os alunos e fala:

-Sou a diretora deste colégio,creio que todos saibam que são demônios e que tem poderes sobrenaturais e dolorosos,eu amo isso,como sou bondosa irei lhe fornecer aulas para desenvolverem esses poderes,com isso,vocês podem dominar o mundo.Conto com vocês! –  e dito isso a mulher sai da nossa vista num piscar de olhos e todos ficam olhando uns aos outro assustados.Eu fico olhando para o outro lado do colégio pensando no que acontece lá,apesar de tudo,o mistério do segundo colégio me intriga.


Depois de todos irem para seus quartos eu vou para o meu e por sorte fico junto com a Houka-san e outra garota que nem vi,ela deve ter ido pra cama cedo,mas bem fiquei um pouco feliz de não estar totalmente sozinha neste mundo.Antes de dormir eu fico na janela do quarto olhando a lua e pensando no meu pai...e naquela espada que ele tanto falou...o que ela tem demais?! E por que ele diz que ela sela meus poderes? Acho que ficar me perguntando não ajuda em nada,irei procurar respostas para isso...o mais rápido possível!


No próximo capítulo:

Yui se bate com uma garota de aparência cruel e com um sorriso maligno no rosto e ela aproxima a mão do rosto da pobre Yui...


Houka: Acho que vamos morrer nesta escola!
Yui: Acha?!


Última edição por Rin Phantomhive em Seg Out 06, 2014 5:38 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:14 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2411978,300820142003
2º Capítulo: Que comece o treino

Yui estava andando pelos corredores da escola depois de uma longa aula de história e então ela olhava para os alunos abraçando seus livros no peito,todos a olharam com um pouco de medo,e as pessoas que faziam isso eram os próprios alunos...a garota ouvia comentários como “olha aquela é um monstro” “ ou melhor um demônio” “ficaram sabendo do que aconteceu com o pai dela? Ela mesmo o matou”
Yui abaixa a cabeça ouvindo os terríveis comentários,seus lábios estava fechados e seu olhar era triste e sem vida, ela corre e entra logo na sua sala um pouco ofegante e coloca delicadamente os livros na sua mesa e se senta na cadeira e esconde o rosto em seus braços mas sem chorar.Ao ver aquela atitude Houka Yuki se aproxima de Yui e se senta na mesa e passa a mão pelos longos cabelos negros dele e sorri.
-Não fica assim,não ligue para o que os outros dizem- diz Houka sorrindo.
-Não fico assim pelo o que falam de mim,mas sim pelo o que falam do que eu fiz com o meu pai.Eu não o matei! – diz Yui mas depois olha para o lado tristemente sem sorrir.
-Eu acredito em você,mas agora vamos logo sair deste ambiente,e o treinamento já vai começar – diz Houka se levantando da mesa e então Yui a olha se levantando também.
-Pode ir na frente,eu a alcanço depois-  e então Houka acena parar Yui e sai andando em direção á quadra de esportes.
Yui anda pelo corredor que já estava vazio e então vai para o bebedouro beber um pouco de água e pensar na vida e relaxar.Depois disso Yui anda pelos corredores com aquele olhar sério e sem vida como sempre até que sem querer ela tropeça em uma pessoa caindo no chão, a garota olha para cima e vê uma  menina que aparentava ter 2 anos mais velha e usando um longo vestido braço,ela tinha longos cabelos negros que caiam no chão e seu olhar era assustador e cruel.A terrível garota aproxima sua mão do rosto da pobre Yui que fica paralisada a encarando com uma face um pouco assustada,e a misteriosa garota ajuda Yui se levantar e então ela sorri,mesmo sendo um sorriso meio estranho e apavorante.
-D-desculpe,eu devia parar de atrapalhar o corredor- diz a garota de cabelos incrivelmente longos em um tom fofo e dócil.
-Ah t-tudo bem, eu que me desculpo por estar sendo tão desligada – diz Yui surpresa.
-O que foi? Nunca viu uma fantasma?
-F-fantasma? – diz Yui dando alguns para trás recuando
-De um  demônio...MUAHAHAHAH cof cof – A “fantasma” tosse e logo sorri -  mas sou do bem,todos pensam que sou um monstro ou algo do tipo mas sou somente uma garota “normal” que só quer ter amigos...pena que ninguém ia gostar de me ter como amiga... – dito isso ela abaixa a cabeça meio triste
-Ora vamos ser amigas,tenho certeza que você é uma boa pessoa – diz Yui com um pequeno sorriso no rosto estendendo a mão para a shinigami se lembrando a atitude de sua amiga Houka e então a estranha garota abraça Yui.
-Claro que seremos amigos e obrigada por isso,ah e me chamo Sawako Kirishiki – diz Sawako abraçando Yui a apertando
-Calma calma,vamos logo para a aula ou vamos nos atrasar – diz Yui se soltando de Sawako e andando voltando a seu olhar calmo e frio.
Enquanto andavam Sawako começa a conversar com Yui,sobre os alunos.
-Sabe alguns aqui tem sangue de demônio em suas veias,mas nenhum é um verdadeiro demônio,acho que é por isso que o ambiente da escola é tão calmo~desu
-É... – diz Yui fria.
-Mas também temos alguns descendentes de monstros, a maioria dos garotos por exemplo vejo muitas criaturas macabras aqui,mas por que não tem nenhum descendente de um anjo ou sereia,ou essas coisas do tipo? – diz Sadako com a mão no queixo pensativa.
Yui para de andar e fica olhando para baixo pensativa mas balança a cabeça afastando os pensamentos e volta a andar e logo as duas chegam na quadra bem a tempo para o treino.
Um homem de sobretudo preto de couro com os cabelos um pouco longos cobrindo o rosto se aproxima de todos e diz calmamente mas em um tom assustador.
-Antes de começar a treinar a habilidade de vocês,quero que mantenham o físico e a resistência,então comecem a correr a quadra e só terminará com 40 voltas..agora!
Yui POV´s on

O que?40 voltas? Quem ele pensa que  nós somos? Parentes do Minato é?
Eu pensei que ninguém ia correr mas logo os alunos começaram a caminhar pela quadra e os passos dele foram aumentando,tive que acompanhar.A Houka-san ficou na minha frente correndo e olhando todos sorrindo,me pergunto como alguém pode sorrir tão facilmente como ela.E a Sawako-san ficou atrás de mim mas com o passar do tempo ela ficou bem atrás,na verdade a penúltima,só perdendo pra uma menina de cabelos rosados com uma cara bem fofa,só pra constatar ela estava comendo...O TEMPO TODO! Depois de umas 20 voltas,eu senti minhas pernas um pouco doloridas mas muitas pessoas ainda pareciam em forma e tranquilas,não podia perder e então aumentei um pouco a velocidade tentando se mostrar mais forte.Houka me olha e diz:
-Acho que vamos morrer nesta escola.
-Acha?! – olho pra ela e digo isso em um tom irônico.

Depois de tanto correr,as benditas 40 voltas acabaram eu cai no chão ofegante,minhas pernas tremiam e mal podia respirar.E o professor se aproxima da gente e logo vem dar mais ordens.
-Que lerdos!Da próxima serão 50 e mais rápido!Agora quero 20 flexões,sem parar!
E assim tivemos que fazer mais 20 flexões,eu já não aguentava mais...apesar de tudo tenho corpo e ele não é de ferro.
-Agora quero que levantem aqueles pesos ali,rápido! – diz o professor que só sabia mandar e fazer poh@ de nada.
E assim acabamos o 1º dia de “mate seus alunos o mais rápido possível” e fomos para nossos quartos e por coincidência a Sawako era a garota que estava no nosso quarto,e depois de um bom banho e um belo jantar ficamos nas nossas camas conversando.

-Ah como hoje foi cansativo – diz Houka-san caindo na cama dela.
-Mas até que foi um pouco divertido,mesmo com minhas pernas doendo- diz Sawako-san sorrindo.
Eu fico calada somente ouvindo um pouco séria e concordava com as garotas e logo me deito em minha cama e caio em um sono.

Yui POV´s off  

No outro dia o treinamento se repete só que mais rigoroso.Depois disso Yui vai para suas aulas normalmente e depois faz as lições.A garota de longos cabelos escuros e o olhar triste anda pelos corredores até que no pátio da escola ela avista o topo da segunda escola mas vê que a distância era enorme e tinha vários monitores vigiando os alunos com armas escondidas e então Yui fica no seu canto observando tudo e anotando em seu caderno.Por onde Yui andava ela anotada tudo que via,de suspeito ou anormal,a mesma sem querer se depara com a diretora e anota sobre as roupas dela e sobre algo estranho atrás da mesma.A garota depois deste longo dia volta para o seu quarto e antes de dormir fica na janela pensando.

Yui POV´s on

Existe muitas coisas que não compreendo nesta escola,mas de algo eu sei,estamos sendo preparados para outra coisa,não só ficar fortes mas desconfio que a resposta está na outra escola...preciso investigar!




No próximo episódio...


Yui:Sinto a presença de um invasor.
Sawako: O-oque fazemos?
Houka:Vamos logo!


3º:Um intruso na escola!


Última edição por Rin Phantomhive em Seg Out 06, 2014 6:05 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:15 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2412020,300820142009
3º:Um intruso na escola!


Outro dia começa na escola, Yui se levanta meio sonolenta, troca de roupa e vai tomar café da manhã e depois vai para a sala assistir suas aulas normais e então olha a janela e via o outro lado da escola pensando mas logo se concentra na aula e depois ,a tarde vai para o treino física e se senta no chão um pouco ofegante.
- Isso é muito cansativo e acho que é uma perda de tempo – diz Yui suspirando até que Houka aparece do seu lado sorrindo pulando na garota.
-Não fique assim ,isso é só para testar nosso físico – sorri Houka abraçada com Yui que logo empurra a garota para longe com um olhar serio.
-Duvido que o físico de alguém aqui precise ser testado – suspira novamente Yui e vê Sawako correndo em direção a ela acenando.
- Yui-channnnnnnnnnnn – grita Sawako com um enorme sorriso.
- Que é? – diz Yui friamente.
-Ora, não seja assim, somos amigas esqueceu? – sorri Sawako e logo pula em Houka – né Houka-chan?
-Claro que sim Sawako-chan – sorri Houka corando.
-Tá ta, vou beber um pouco de água...já volto – se vira Yui indo em direção ao bebedouro até que se depara com uma garota com longos cabelos pretos, uma franja perfeitamente cortada e olhos meio avermelhados e uma expressão seria e calma. A garota estava treinando dando socos em um saco de areia com força até que ele se parte em pedaços, Yui curiosa se aproxima da garota.
-Que força hein – diz meio sem graça.
- Quem é você? – a garota se vira olhando Yui seria.
- Yui Nikushimi – a expressão de Yui também fica séria e fria – posso saber quem é você?
- Ririchiyo Momorya – a garota continua séria.
-Entendo.. – Yui já ia se virando até que Ririchiyo a chama.
-Yui-san!
-Hai?
-Sabe por que estamos aqui?
-Não sei ao certo... talvez estudar mas... – Yui diz meio receosa.
-Você também acha que tem mais coisa nesses treinos não é? – um leve sorriso aparece na boca de Ririchiyo.
-Sim, de algum modo ,parece que estamos sendo treinados para algo ou alguém – Yui se vira para Ririchiyo de novo.
-É, fico feliz que eu não seja a única que pensa isso ,todos aqui estão loucos por treino e por serem mais fortes que nem ligam se estão sendo manipulados ou não – Ririchiyo olha para o lado mais séria ainda.
-O que devemos fazer? – Yui faz um olhar pensativo.
- No momento nada, ainda não somos fortes e se tem algo no meio de tudo isso é algo muito poderoso, vamos esperar todos os treinos acabarem. – diz Ririchiyo e Yui balança a cabeça concordando e então Ririchiyo estende a mão – espero me dar bem com você – outro leve sorriso aparece em sua boca.
-Ahh claro – Yui segura a mão de Ririchiyo com um pequeno sorriso na boca e então ela resolve apresentar suas amigas e todas conversam.
Depois de mais uma semana de treino o treinador chama todos os seus alunos.
- Quero que saiba que agora o treino físico é por conta de vocês, agora existe um treino maior que não é comigo...sua diretora irá lhes explicar. – dito isso uma enorme nuvem de penas pretas e meio brilhantes envolve o chão e a diretora aparece lá com um sorriso no rosto, mais um sorriso frio.
- Olá novamente meus queridos alunos – diz sarcasticamente – todos nós sabemos que vocês tem poderes especiais, e que esses poderes podem nos ajudar, existe pessoas ou criaturas que podem lhes matar ou torturar, isso é triste, criaturas das trevas estão condenadas a viver nas trevas não é? Mas por que não mudamos isso? Vamos treinar e nos tornar invencíveis e todos irão reconhecer o nosso poder – depois disso todos gritam animados menos Yui,Houka,Sawako e Ririchiyo.
-Não estou gostando disso – diz Houka meio séria.
-Nem eu – concorda Yui e a diretora continua a falar pegando uma caixa e alguns papeis.
- Coloquem seus nomes e seus poderes e sua origem e raça e vamos fazer um cronograma com quais aulas você deve frequentar e temos até aulas extras para quem quer ter mais poder e força- e com isso a diretora deixa os papeis e a caixa e some numa nuvem de penas negras.
Depois disso, todos colocam seus nomes e seus poderes e no outro dia recebem o seu cronograma, Yui estranha um pouco mas cumpre as regras e então começa seu treino a tarde. Houka tinha aulas diferentes das suas amigas, então era difícil ver Yui além do horário de aula normal, o mesmo acontecia com Sawako e Ririchiyo, mas Ririchiyo tinha algumas aulas parecidas com a de Yui e assim se passa um mês. Todas as quatro estão reunidas no salão de refeições, era noite e só tinha elas.
- Ai ai ai como estou cansada – diz Sawako caindo sobre a cadeira.
-Não é só você, aprendi tanta coisa – ri Houka.
- Posso saber de uma coisa? – Ririchiyo olha todas séria.
-Claro – concordam em coro.
-Quais suas raças e poderes? – Ririchiyo continua a encarar todas séria – tipo, eu sou uma Shinigami e consequentemente ceifeira de almas, cuido de almas perdidas e tenho uma arma com alto poder destrutivo.
- Agora é minha vez! – sorri Sawako – sou meio que uma fantasma.
-FANTASMA? – diz Houka surpresa.
-Sim, sou do séculos XVIII , morri e voltei a “vida” como um fantasma com poderes de telecinésia, e posso formular ilusões se olharem em meus olhos.
- Incrível – os olhos de Houka brilham – acho que é minha vez né?
-Sim – diz Ririchiyo seria.
- Sou uma maga, faço alguns truques com magia e tenho cartas que me ajudam em lutas hehe além de ter um mega grito.
-Já ouvi falar disso do grito, são pessoas com poderes sobrenaturais, desenvolveram músculos do corpo ou próprias habilidades simples as tornando anormais – diz Ririchiyo que da um leve sorriso.
-Isso mesmo! – Sorri Houka- e você Yui?
-Sim ..e você Yui? – Ririchiyo olha Yui sorrindo como se já soubesse a resposta.
-Sou...um demônio.. – Yui diz baixinho mas todas escutam e ficam meio surpresas.
-Bem.. não é todo dia que podemos conhecer um demônio em forma humana não é mesmo – diz Ririchiyo.
-Quem é seu pai? – Pergunta Sawako.
-Satan... – diz baixo.
-O queeeeeeee???????? – grita Sawako e Houka surpresas.
-O rei dos demônios não é mesmo? – diz Ririchiyo.
-Sim e eu vou mata-lo – Yui lança um olhar mortal e serio.
-Por que? – Pergunta Houka sem entender nada.
-Porque ele matou tudo que eu mais amava... e vai pagar caro por isso – os olhos de Yui começam a ficar vermelhos e Ririchiyo se levanta do nada e os olhos de Yui voltam ao normal.
-Estamos aqui para o que der e vier, se precisar de algo é só falar – sorri.
-Ahh...a-arigato – cora um pouco e dá um leve sorriso.
-Isso mesmo! Somos suas amigas – Houka pula em Yui e logo Sawako faz o mesmo.
-Sim, somos suas amigas – diz Sawako feliz.
Yui abraça todas revirando os olhos e então depois todas vão para os quartos e combinam de se encontram amanhã no mesmo horário no salão de refeições. E assim o dia passa e logo chega a noite e então Ririchiyo decido ir logo para o salão e via que não tinha ninguém e fica em pé esperando as outras até que escuta passos e se vira e é surpresa por um homem que a joga no chão com força apontando uma arma para sua testa.
-Fica quietinha aí se não quiser morrer, me diga onde escondem a grana desse colégio – diz o homem em um tom nem um pouco gentil.
-Ram, não direi – ri Ririchiyo.
-O que?! – o homem pressiona o cano da arma na testa de Ririchiyo – quer morrer não é?
- O que? Um simples humanos – Ririchiyo sorri de uma forma maligna e o homem segura firme o gatilho.
- O que você disse?!
- Foi um grande erro entrar neste colégio... – e então seus olhos ficam completamente vermelhos.
- S-seus olhos... eles mudaram – o ladrão fica surpresa e com um pouco de medo.
-Este lugar não tem proteção para meros humanos como você, apesar de tudo admiro sua coragem de estar aqui – Ririchiyo se virando se sentando no chão ainda com seus olhos vermelhos.
-Não se mova! – O ladrão já estava apavora e dá um tiro com suas mãos tremendo e Ririchiyo se assusta e seus olhos voltam ao normal.
O ladrão olha sua mão apavorado enquanto uma bala com sangue caía no chão e Yui estava com a mão na frente do cano da bala e olhava Ririchiyo com um olhar triste.
-Desculpe a demora – diz com um olhar triste e se vira para o ladrão e seus olhos ficam vermelhos e sua expressão fica realmente demoníaca – você apontou uma arma para a Ririchiyo...
E então a lua começa a brilhar naquele local e a garota sorri mostrando suas presas e uma calda preta e com uma ponta um pouco peluda e coloca as mãos nas costas onde tinha a bainha de uma arma.
-M-monstro...m-m-monstro.. – o ladrão recua super assustado até que Houka aparece andando e fica na frente de Yui usando um longo kimono rosa e seus olhos rosas brilhavam.
-Monstro? Que rude, não somos monstros como você pensa, somos shinigamis ,fantasmas ,demônios e magos, filhos de criaturas que realmente humanos como vocês deviam temer até a morte, temos poderes que você nem imagina então acho bom você não gritar por ajuda nem fazer nada do tipo. Nesta escola podemos conviver juntos e em paz, eu não quero um mero lixo humano me chamando e monstro. – Houka faz biquinho mexendo os quadris para o lado rapidamente – e como pode me chamar de monstro se eu estou malhando? >3<
- Mesmo que até hoje, não vejo resultado – diz Yui sentada numa cadeira comendo pipoca assistindo a tudo.
O ladrão puxa Sawako e aponta a arma para a cabeça dela.
-Eu não entendo que diabos é isso mas melhor ficarem quietos – grita o ladrão mas Sawako some do nada dos braços dele que logo fica assustado e procura a garota com o olhar.
Sawako aparece na frente dele flutuando e seus olhos ficam vermelhos e mortos saem do chão, esqueletos andam até ele e a escuridão toma conta do local, onde chamas vermelhas como sangue iam em direção ao ladrão.
-Não me toque – diz Sawako com uma voz grossa e assustadora e ao ver tudo aquilo o ladrão desmaia. Os olhos de Sawako voltam ao normal e aquela ilusão some mostrando que o salão de refeições estava normal e calmo.
-Usar uma ilusão para assustá-lo foi ótimo Sawako-chan – sorri Houka.
-Hehe não diga isso ou eu fico com vergonha – sorri envergonhada - e boa ideia usar trajes de feiticeiros para assustá-lo também.
-Tudo bem com você Yui-san? – diz Ririchiyo preocupada.
-Claro, estou bem – acena Yui e lentamente o machucado some – demônios podem se regenerar facilmente não é?
-É, mas cansa um pouco da energia – diz Ririchiyo que pega o ladrão – vou levar este humano para os guardas ,acho melhor irmos dormir, já fizemos muita coisa hoje.
Todas concordam e vão para os seus quartos e dormem.

No próximo episódio...

*Yui anda pelos corredores da escola até que é ataca por um enorme cachorro de dentes afiados e com baba neles*
*Houka anda pelos corredores da escola até que é ataca por um enorme cachorro*
*Sawako corre pelos corredores da escola assustada e gritando por ajuda e sente algo a puxar e olha para trás assustada.*
*Ririchiyo suspira e coloca a mão sobre o queixo pensando em uma solução.*
-Será que abriram as portas do inferno?
-Talvez...
-E agora?
-Contamos com você Yui!
-O que???

4º: Como treinar o seu cão do inferno.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:18 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2419319,010920141341
4º: Como treinar o seu cão do inferno.


Yui abre lentamente os olhos e move os mesmos para os lados e vê Houka roncando na cama ao lado toda estirada e então a garota volta a olhar para o teto do seu quarto e lentamente se levanta. Yui caminha até a porta e avista uma carta e a abre lendo o que tinha na mesma.
“Olá Yui, sou eu a Ririchiyo Momorya, quero conversar com você em particular, espere o termino das aulas pela manhã e me encontre no pátio atrás da árvore de cerejeira”
Ao ler aquilo Yui inclina a cabeça meio confusa mas segue as instruções e vai até o pátio da escola depois do almoço e lá encontra Ririchiyo apoiada na árvore de cerejeira.
- Oi – diz Ririchiyo friamente.
-Oi, o que houve? – diz Yui calma e com uma olhar sério.
- Vi algo muito estranho ontem a noite quando fui entregar o ladrão para os guardas... – Ririchiyo olha para os lados vendo se vinha alguém.
-O que? – pergunta Yui curiosa.
-Bem...

Flash Back on
Ririchiyo arrasta o ladrão desmaiado até os guardas e entrega a eles.
-tome, este intruso estava querendo roubar o dinheiro daqui – Ririchiyo joga o homem no chão e depois é dispensada e então enquanto andava dava uma leve olhada por trás do seu ombro e vê alguém de roupa branca se aproximando do colégio e a diretora se aproximava daquela pessoa.
- Olá, quanto tempo né – acena a diretora.
-Mesmo a gente morando tão perto...somos tão distantes – diz a voz misteriosa que aparentava ser uma mulher.
- Então...está segurando a barreira dos nossos colégio direitinho? – ri a diretora com um sorriso sarcástico.
-Claro que sim, nossos alunos não podem se encontrar de jeito nenhum, não até saírem daqui – diz a mulher e logo se vira saindo do colégio – espero que não descubram...tchau..

Flash Back off
- Entendo... então essa mulher deve ser a dona do outro colégio certo? – deduz Yui.
-Sim, achei estranho por que os alunos daqui não podem conhecer os outros... – Ririchiyo olha para o lado desconfiada.
- Eu não confio na diretora mas não posso fazer nada no momento..
-No momento?
-Tudo ao seu tempo... – Yui diz com um olhar frio.
-Temo o que esteja para acontecer- Ririchiyo lança um olhar preocupado.
Yui a encara séria e se vira andando mas antes diz...
- Vamos ter paciência...
E então Yui some em um corredor escuro da escola e deixa Ririchiyo pensando e logo a mesma sai do pátio.E então chega a noite e a escola fica vazia, somente Houka,Sawako,Ririchiyo e Yui ficam no refeitório conversando.
- Odeio esse treinamento, é muito chato – choraminga Sawako.
-Eu estou amando, aprendo várias coisas uteis – sorri Houka.
Um uivo ecoa no corredor da escola e todas olham para o corredor e se levantam.
-O que é isso? – diz Sawako com medo.
-Não sei... deve ser um logo não é? – sorri Houka meio assustada.
-Esperem...- Yui fecha os olhos e começa a cheirar e sobe na mesa ainda cheirando – é cheiro de cachorro..
-Belo faro hein – ri Houka mas fica calada com o olhar mortal de Yui.
-Cachorro aqui? – diz Ririchiyo sem acreditar.
-Não um cão normal... já senti esse cheiro em algum lugar – Yui tenta se lembrar e vem uma lembrança meio embaçada em sua cabeça.

Flash Back on

*Yui chuta uma porta com força enquanto gritava pedindo para sair*
*Yui corre até um homem de óculos e sente um cheiro estranho e se vira vendo olhos vermelhos e recua assustada*

Flash Back off
-Ei ei acorda Yui-chan – diz Sawako preocupada vendo Yui paralisada olhando para frente.
-Desculpe...voltando, esse cheiro é familiar...espero estar errada – Yui começa a correr em direção ao corredor pegando sua espada e colocando em suas costas.
-O que você pretende fazer? – grita Houka.
-Matar essa criatura!
-O que fazemos?
-Se separem, ela é rápida – diz Yui sumindo no corredor.
-Não entendi nada, Yui-chan sabe o que é? – diz Sawako confusa.
-Sim...ela é um demônio, veio do inferno, sabe muito bem com o que estamos lidando – diz Ririchiyo seria e começa a correr em direção á outro corredor- se separem! – e assim some Ririchiyo.
-Lá vamos nós- Houka entra em um corredor e Sawako ri entrando em outro e assim todas começam a correr pelos corredores.
Yui para de correr e começa a dar passos leves e silenciosos ainda segurando a ponta da bainha de sua espada mas logo a solta e se ajoelha encostada na parede e diz baixinho:
-Esse cheiro... foi naquele dia... isso tem algo haver com Satan – e dito isso Yui se levanta e olha ao seu redor e vê algo passar corredor, uma enorme sombra preta e ágil em direção ao corredor dos quartos.
-Ahh não, preciso deter isso – e então Yui corre em direção á sombra.
Houka anda pelos corredores da escola até que é ataca por um enorme cachorro escuro como a sombra e com dentes afiados e vermelhos.A garota se assusta e tenta segurar o animal mas ele parte pra cima e então ela dá um super grito e o cachorro recua e então Houka aproveita e começa a correr e abre uma porta entrando no depósito de ferramentas, era um quartinho pequeno e um pouco escuro e então ela acende a luz enquanto segurava a porta e escuta passos e se afastando e suspira aliviada.
Sawako dá leves passos pelos corredores morrendo de medo, sua pele branca estava mais clara ainda e então ela escuta um uivo e vê dois olhos vermelhos a encarando de longe e então ela começa a correr. Sawako corre pelos corredores da escola assustada e gritando por ajuda e sente algo a puxar e olha para trás assustada e vê que era Ririchiyo que segura sua mão e começa a correr e então Houka abre a porta do depósito e puxa as duas que caem no chão e então a garota de cabelos rosados fecha a porta e sente uma investida mas aguenta e então o cachorro se afasta da porta e anda pelas proximidades dos corredores.
- O que vamos fazer? – diz Houka ofegante.
-Não sei, melhor pensarmos em um plano - Ririchiyo suspira e coloca a mão sobre o queixo pensando em uma solução.
-Acho que planos não adiantam, temos um cachorro louco aqui querendo nos matar! – grita Houka.
-Xiii, ele pode aparecer – diz Sawako apavorada.
-Alguém sabe da Yui-san? – Ririchiyo para de pensar e encara Houka e Sawako e balançam a cabeça como um “não”- Ótimo, ela está sozinha nesses corredores e ninguém sabe o que pode acontecer.
-Vamos torcer para que ela esteja bem – Sawako junta as mãos.
-Vou sair e tentar procurar por ela – Houka tenta abrir a porta mas é impedida por Ririchiyo.
-É perigoso.
-Eu preciso tentar.
-Tá, mas não faça besteira.
-Ok. – e assim Houka sai do quartinho e corre pelos corredores .
No outro lado, Yui sente o cheiro do animal e se encosta em uma porta e vê em outro corredor o animal passar, ele era realmente assustador, seus olhos eram vermelhos como sangue e sua pele era escura, como se fosse feito de sombras e tinha um cheiro de coisa morta. Yui dá leves passos mas o cachorro acaba ouvindo e vira para a menina e começa a correr em direção a ela, Yui dá um impulso correndo em alta velocidade e dá leves olhadas para trás e via o cachorro um pouco atrás mas com o passar do tempo ele ia se aproximando da garota. Yui começa a correr mais rápido e fica um pouco cansada e então entra num corredor rapidamente e despista do terrível animal e se senta no chão ofegante.
-É...acho que velocidade de um demônio não ajuda muito no momento – diz ofegante.
Houka andava pelos corredores e então pega uma estranha carta com um desenho verde e fica andando meio desconfiada enquanto ouvia os barulhos ao seu redor.
Yui anda pelos corredores da escola até que é ataca por um enorme cachorro de dentes afiados e com baba neles e então ela chuta a cara do animal e dá um impulso voltando a correr mas o cachorro pula em cima dela e então Houka aparece e dá um mega grito e o cachorro fica confuso e então a menina segura na mão de Yui e começa a correr.
- A-arigato – diz Yui correndo.
-De nada, acho que temos que segurar ele por um tempo, sei um lugar um pouco segura – diz Houka pegando a estranha carta novamente.
-Um pouco? Acho que não adianta muito
-É nossa única opção – sorri Houka – minha vez de agir – Houka aponta a cartas para frente que brilha – Escudo nos proteja ! – a carta brilha mais e uma parede verde meio transparente se forma impedindo que o cachorro passasse.
-Vamos lá. – diz Houka correndo e então a parede se desfaz e ela guarda a carta e as duas entram no depósito e se sentam no chão ofegante enquanto Ririchiyo trancava a porta e segurava enquanto o cachorro dava fortes investidas.
- Que animal é esse? – diz Ririchiyo segurando a porta com sua força.
-Um cão do inferno – diz Yui meio ofegante.
-O que? – grita Houka surpresa.
-Conhece esse cheiro, só coisas infernais tem, e já que é um cachorro, eu deduzi que é um cão do inferno – Yui recupera o fôlego.
-Então... Será que abriram as portas do inferno? – diz Ririchiyo.
-Talvez... – Yui olha para o lado seria.
-E agora?- pergunta Houka.
-Talvez a Yui posso nos ajudar, ela é um demônio – diz Sawako se aproximando mais de Yui.
-Isso, só você pode lidar com ele. – diz Ririchiyo séria.
-Contamos com você Yui! – diz Houka e Sawako numa voz só.
-O que??? – diz Yui surpresa.
- Por favor Yui-chan – choraminga Houka.
-Ta ta – Yui revira os olhos.
Yui se levanta e coloca a mão na maçaneta com sua espada nas costas.
- Eu acabo com ele!
E então Yui abre a porta e dá um chute na cara do cachorro que bate as costas na parede e então ela dá um impulso e dá um soco no animal mas ele desvia e mostra seus dentes cheios de baba.
-Venha totó – ri Yui.
O cachorro parte de cima dela mas some nas sombras deixando a garota surpresa e ele aparece atrás dele e dá uma patada em suas costas fazendo ela cair e a espada voar longe e ele parte pra cima dela mas Yui segura os dentes dele com suas mãos enquanto procurava sua espada e via ela um pouco longe e estica sua mão mas o cachorro faz força e morde o braço dela e então Yui chuta a barriga do animal e recua um pouco vendo sangue escorrer pelo chão e pega sua espada e o cachorro parte pra cima dela e ela coloca a bainha na frente fazendo ele morder ela e começa a girar e o cachorro gira junto e ela joga ele na parede e recua vendo mais sangue sair do seu braço e o cachorro se aproxima lentamente dela rosnando.
-Ele até que é forte, mas preciso apelar pra o outro lado – pensa Yui.
-Eu sei que você é um cão do inferno e o que quer comigo? Foi o meu pai não é? Ele precisa se livrar de mim – diz Yui meio ofegante e o cachorro para.
- Não precisa fazer isso, não quero nada com Satan, então me deixe
O cachorro para e começa a rodear ela e então...
-Só cumpro ordens...
-O que? Você falou? – diz Yui surpresa.
-Isso se chama telepatia, você consegue me entender.
-Entendo... ordens do meu pai não é?
-Você até que é inteligente para uma simples garota.
-Quem dera que eu fosse uma simples garota – Yui segura firme a espada.
-O inferno todo está com medo da garotinha tomar o trono do seu pai e aliais todos estão com vontade de vir para este mundo, e matar seria um bom premio – ri o cachorro.
-Então tente me matar – Yui encara ele.
O cachorro pula em cima de Yui e então ela coloca a espada na frente e o cachorro morde a bainha e ela joga ele no chão com força e então segura ele por trás o apertando com força fazendo o animal não se mover e ela joga seu corpo para trás e dá uma cambalhota batendo o cachorro no chão novamente e levanta ele e começa a girar em alta velocidade e depois pega ele pela calda e o olha com seus olhos ficando vermelho.
- Diga ao seu chefe que eu não tenho medo dele, eu vou mata-lo com minhas próprias mãos – e então Yui joga o cachorro longe com força e ele sai correndo e gemendo e sai da escola sumindo na escuridão e os olhos da garota voltam ao normal.
Houka e as outras chegam correndo para socorrer Yui.
- Tudo bem com você? E que machucado é esse? – diz Houka preocupada vendo o braço de Yui sangrar.
-É besteira, eu estou bem – Yui olha para frente séria.
-Deixe que eu cuido dele – Houka ajuda Yui a se levantar.
-O que houve com o cão do inferno? – Pergunta Ririchiyo.
-Voltou para sua casa, e acho que não voltará mais.
-ótimo – suspira Sawako aliviada.

E depois disso, todas vão para seus quartos descansar depois da noite cansativa.Depois de todas estarem em seus quartos a diretora aparece no corredor e coloca seu dedo no sangue que estava no chão e ri.
- Então a filha de Satan andou lutando não é, essa garota pode nos ajudar muito.

No próximo episódio...
-Finalmente final de semana, não aguentava mais aula – diz Houka pulando.
-Tanto faz, não podemos sair daqui mesmo. – diz Ririchiyo seria.
-Vou treinar um pouco, vão se divertir – diz Yui saindo.

Yui dá vários socos em um saco de areia e escuta um barulho como um miado vindo corredor e então a garota anda até onde o som vinha e fica surpresa ao se deparar com...

-O que fazemos com ele?
-Matar?
-Vish, não seja tão má Ririchiyo-sama.
-O que? Não podemos ficar com ele.
-Eu já sei o que fazer... me desculpem mais... – Yui fecha os punhos olhando todas super séria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:19 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2429129,030920141929
O final de semana chega e todos na escola ficam dois dias sem aula e sem treino de seus poderes especiais. Houka, Sawako, Yui e Ririchiyo se reuniram no quarto de Yui e Houka.
-Finalmente final de semana, não aguentava mais aula – diz Houka pulando.
-Tanto faz, não podemos sair daqui mesmo. – diz Ririchiyo seria.
-Vou treinar um pouco, vão se divertir – diz Yui saindo.
-O que deu nela? – Houka fica encarando Yui enquanto ela saía.
-Acho que ela quer se tornar forte – diz Ririchiyo calmamente.
-Entendo – Houka diz em um tom meio preocupado.
Yui vai até o pátio onde não tinha ninguém e pega um saco de areia.Yui dá vários socos em um saco de areia e escuta um barulho como um miado vindo corredor e então a garota anda até onde o som vinha e fica surpresa ao se deparar com um gatinho com um pelo cinza e olhos de cores diferentes, a garota pega o gato e faz um pouco de carinho nele que ronrona feliz e ela dá um leve sorriso.
-Não sei como veio parar aqui mas acho que animais não são permitidos, preciso te colocar fora deste colégio - e dito isso Yui pega o gato e coloca dentro de sua camisa e sai andando e chega no enorme muro da escola.
-Pronto agora só preciso subir
Yui dá um impulso se segurando no muro e então tenta subir mas cai sentada e então ela tenta de novo com mais força mas mesmo assim cai sentada no chão e se afasta um pouco e começa a correr e sobe correndo pelo muro e então quando vai passar é jogada longe por um escudo invisível e então ela fica olhando para frente surpresa.
-Um escudo? Quem fez isso?
E então a garota se levanta e corre pelos corredores da escola até que uma garota aparece na frente dela e encarando seria.
No quarto de Yui, Houka ficava lendo uns mangás enquanto Sawako ficava olhando o quarto e Ririchiyo estava encostada na parede com os olhos fechados.
-Aqui está chato, não temos muita coisa nesse colégio, por que não damos o fora? – diz Houka entediada.
-Se nos pegarem acho que vamos nos dar mal – diz Sawako com medo.
-Vou saindo – diz Ririchiyo.
-Já? – indaga Houka.
-Já – e assim Ririchiyo sai do quarto.

A garota de cabelos castanhos e curtos com uma fita rosa preso neles encarava Yui.
-Acho que te vi em algum lugar.
-Engano seu – diz Yui séria.
-Nunca me engano.
-Quem sabe.
-Gosto de garotas rudes – ri a garota – por que não somos amigas? Vim de uma família admirável, terá fama e poder como eu, sou Hina.
-Não preciso disso – diz Yui friamente e dá um passo para frente – agora quero passar.
-Que mal educada – diz Hina com raiva – só deixo você passar se lutar comigo.
-Tudo bem.
A garota ri e pega várias adagas e lança ela em alta velocidade em direção de Yui e começa a desviar delas e uma passar perto de seu rosto cortando levemente sua bochecha e então Yui olha ele séria mas calma e dá um impulso aparecendo na frente da garota e dá um soco nela fazendo ela voar longe e então continua seu caminho.
-Volte aqui! Isso ainda não acabou! – diz Hina se levantando.
-Acabou para mim – Yui ignora ela e continua a andar.
-De volva esse gato, eu sei que ele está com você. – e então Yui se vira quando a garota diz isso.
-De quem é ele?
-Do laboratório , ele chegou hoje para os testes.
-Não vou devolver – diz Yui séria.
-Por que? –Hina diz em um tom alto.
-Porque isso não é certo – e dito isso Yui se vira andando.
A garota corre até ela e lança uma faca roçando seus dentes com raiva e quando Yui ia se virar a faca já estava próxima demais e uma mão aparece segurando ela e era Ririchiyo que solta a faca.
-Deixe-a em paz – diz Ririchiyo friamente.
-Por que? O que você vai fazer? – debocha a garota.
-Isso – Ririchiyo tira de sua coxa um pedaço de ferro e brilha e vira uma foice e ela gira a foice rapidamente e lança um ataque de vento cortante na garota que é atingida voando longe e Ririchiyo olha Yui – vá eu cuido dela.
Yui balança a cabeça e continua a andar em direção á saída do colégio até que escuta passos se aproximando e um garoto aparece na frente dela.
-Lá vamos nós – Yui revira os olhos.

Houka pega na mão de Sawako e sai do quarto de Yui andando em passos rápidos.
-Vamos procurar a Yui! – diz Houka decidida.
-Sim Houka-chan! – sorri Sawako.

Yui encara o garoto seriamente e friamente e quando vai andar ele dá um soco nela e ri.
-Hahaha não sabia que era tão fácil assim – ri o garoto.
Yui se levanta e tenta passar por ele mas recebe outro soco quase caindo no chão.
-Por que não posso passar? – diz Yui friamente.
-Porque é divertido fazer isso com você e também não posso deixar você deixar o gato sair – diz o garoto de cabelos vermelhos e olhos verdes.
-Ok então – Yui usa sua agilidade aparecendo rapidamente na frente do garoto e ele dá outro soco nela mas ela se abaixa e estica seu pé para cima dando um chute no rosto do garoto que cai no chão com a força do chute e então Yui segura ele pela camisa o levantando – ninguém vai me impedir de levar o gato entendeu? – diz Yui séria mas o garoto abre a boca mostrando os seus dentes e morde o pescoço dela com força, fazendo a garota cair no chão e sangue escorrer pelo mesmo.
-Que fraca – diz o garoto passando a língua sobre os lábios sujos de sangue.
Ao terminar de falar o garoto olha para o chão e não encontra Yui e olha para os lados procurando-a, e a garota aparece de cabeça para baixo na frente dele com seus olhos ficando vermelhos e então ela abre lentamente a boca mostrando suas presas de demônio e em um impulso ataca o garoto.

Houka e Sawako corriam o mais rápido possível em direção á onde estava Yui e encontram ela por cima do garoto mordendo o seu braço.
-Aiii aiii tira ela daqui – berra o garoto e com isso Houka não se controla e começa a rir. – Não tem nada de engraçado nisso!
Houka puxa Yui delicadamente para longe do garoto e ele fica assustado ao ver a aparência da garota, ela estava com os olhos vermelhos, sangue por toda sua boca e um olhar sem vida e sombrio. E então ele parte pra cima de Yui mas Houka dá um mega grito fazendo ele se afastar.
-Se quer machucar minha amiga tem que passar por mim primeiro – diz Houka decidida.
-Tudo bem por mim – o garoto olha ela sério.
Yui limpa o sangue e os olhos voltam ao normal e olha Sawako.
-Vamos?
-Sim – sorri Sawako.
E então as duas passam pelo garoto que não nota por estar concentrado na sua nova oponente e então Houka parte pra cima dele e...

-O que você está fazendo e quem são eles? – diz Sawako curiosa enquanto corria.
-Estou querendo levar este gato – tira o gato de sua camisa e coloca em seus braços – para fora do colégio mas eles não permitem porque dizem ser um gato de laboratório.
-Que horror, um pobre gatinho desse sendo usado como testes, temos que salvá-lo! – diz Sawako decidida.
-Sim – diz Yui séria.
Enquanto as duas corriam, Yui avista a diretora um pouco mais a frente e puxa Sawako para um estreito corredor.
-A diretora está aqui – diz Yui olhando de fininho a diretora.
-E agora? – Sawako começa a ficar nervosa.
-Temos que distraí-la, por que ali é o portão, e tenho certeza que o gatinho estará seguro atravessar ele.
-Já sei – sorri Sawako e então ela sai do pequeno corredor e fecha os olhos se concentrando e fica invisível e pega uma pedra e joga em um corredor longe daquele local e a diretora olha e começa a seguir o som saindo de vista.
-Incrível Sawako.
-Arigato – sorri Sawako envergonhada voltando a ficar visível – vou vigiar se a diretora está por perto.
-Tá, vou levar ele para fora daqui – e então Yui se aproxima do portão enquanto o gatinho roçava em seu peito ronronando – não adianta, você não vai ficar aqui.
Na hora que Yui ia colocando o gato para fora sente seu corpo ficar paralisado e então desvia seu olhar para o gatinho que a olhava confuso e então sua visão escurece , a garota cai lentamente no chão fechando os olhos e desmaia e sua ultima visão são dois sapatos altos brancos.
Yui abre lentamente os olhos lentamente e então vê que estava no seu quarto e e sente sua cabeça doendo um pouco e via suas amigas ao redor da cama a olhando preocupada.
- O que houve? – diz Yui se sentando na cama.
-Você desmaiou, e encontramos você em um corredor – diz Houka mudando sua expressão seria e sorri.
-Que bom que você está bem – sorri Sawako.
-E o gato? – diz Yui dando um pulo da cama.
-Aqui – aponta Ririchiyo para o gato que estava na janela balançando sua calda miando.
E então Yui corre e pega o gato nos braços e o abraça bem forte e sussurra baixinho.
- Fico feliz em te ver de novo..
-Awnnn que fofo ela se apaixonou pelo gato – diz Houka juntando as mãos com os olhos brilhando.
-Não! – diz Yui chutando Houka que bate de cara na parede. – Vou levar ele para fora daqui.
-Não dá – Ririchiyo se levanta da poltrona – a diretora já sabe do gato...precisa levar ele para o laboratório agora.
-Não! Ele é só um gatinho – protesta Yui.
-Tente falar com a diretora, talvez ela não deixe levar o gato – Houka se recupera do chute.
-Vou tentar e posso saber como acabou a luta de vocês?
-Acabou assim... – Ririchiyo começa a contar a sua luta.

Flash Back on

Ririchiyo lança o ataque cortante na garota e ela se levanta e dá um impulso e gira em alta velocidade e lança várias facas em Ririchiyo, as facas se espalham para o ar e vão em direções diferentes até Ririchiyo que gira sua foice com suas duas mãos e os olhos fechados e em um só ataque destrói todas as facas e então olha a garota mortalmente e anda lentamente até ela que se afastava com medo e então Ririchiyo segura a cabeça dela a jogando no chão.

Flash Back off

-Vou fácil – diz Ririchiyo calmamente.
-Yui Yui deixa eu dizer a minha luta – pula Houka alegre.
-Diga – Yui revira os olhos suspirando.
-Foi assim...
Flash Back on

Houka dá outro mega grito mas o garoto dá um salto desviando enquanto ria da garota e então ele salta pra cima dela e então ela pega uma carta e estica para cima e um muro verde aparece na frente fazendo o menino se bater de cara nele e cair no chão meio tonto e então Houka ri.
-Vou brincar um pouco - e então Houka tira do bolso um pequeno pote com pulgas saltitantes rindo loucamente.

Flash Back off
-O resto melhor eu nem contar.
-Também acho – diz Ririchiyo séria.
Yui se vira e sai do quarto e anda com o gato nos braços e então bate na porta da diretoria e então a diretora abre a porta e olha Yui de cima para baixo e dá uma leve risada e pede para ela entrar.
-Por que tem um gato senhorita Nikushimi? – diz a diretora séria.
-Ele não é meu, só quero leva-lo para fora do colégio fiquei sabendo que ele é do laboratório mas não posso permitir – diz Yui também séria.
-Então o proteja – a diretora joga um dardo no gato mas Yui abraça ele e dá um mega salto desviando. – bons reflexos – sorri a mulher.
-Por que fez isso? – diz Yui com um olhar sério e desconfiado.
-Por nada, não posso deixar que um simples gato saia, mas ele pode ficar aqui no colégio, busque uma outra opção para esse animal e não o levo para o laboratório.
-Já sei o que fazer – Yui se aproxima da diretora.

No quarto de Yui, toda ficam esperando a garota até que ela entra com o gato em seus braços que pula e fica no chão.
-O que fazemos com ele?
-Matar?
-Vish, não seja tão má Ririchiyo-sama.
-O que? Não podemos ficar com ele.
-Eu já sei o que fazer... me desculpem mais... – Yui fecha os punhos olhando todas super séria.
- O que? – diz Houka pensando no pior.
-Vou ficar com ele – Yui faz carinho no gato que roça em seus pés.
-A diretora deixou? – Houka muda o tom para um tom mais aliviado.
-Sim.
-Que bom – sorri Houka.
-Boa sorte com o gato – diz Ririchiyo.
-Arigato, não deve ser muito difícil cuidar dele.
-Eu posso brincar com ele de vez em quando? – diz Sawako com os olhos brilhando.
-Vou pensar – Yui olha ela desconfiada.
Houka ri e também faz carinho no gatinho que mia feliz.
-Posso saber de algo Sawako? – diz Yui.
-Sim – sorri Sawako.
-Como despistou a diretora naquele momento?
-Foi fácil...

Flash Back on
Sawako fica invisível de novo e vai onde esta a pedra e a pega, jogando a mesma longe e via a diretora continuar a seguir o barulho, e dá uma leve risada e então a diretora se vira ouvindo o som da risada.
-Vish – pensa Sawako.
-Quem está aí? – diz a diretora.
E então a diretora ergue a mão para frente e então uma energia obscura se concentra na mão dela e então Sawako fecha os olhos esperando o ataque mas então a diretora vê alguém e então sai daquele local e depois Sawako abre os olhos e via que não tinha ninguém.
-Ufa- suspira aliviada.

Flash Back off

-Entendi... , sabe alguém me fez desmaiar. – diz Yui.
-Quem? – pergunta Houka parando de acariciar o gato.
-Não sei mas senti uma energia tão diferente da minha.
-Estranho – diz Ririchiyo pensativa.

Na diretoria, a diretora coloca os pés na mesa e olha Hina que estava na sua frente sorrindo.
- Foi de grande sua ajuda para treinar essas alunas – diz a diretora.
-Fico honrada que eu tenha ajudado, eu e meu amigo ficamos felizes em te servir.
-Sei sei, em todo caso essa Yui está ficando mais forte e isso é uma boa notícia.
-Por que? – diz Hina curiosa.
-Não é da sua conta, já pode sair – e com isso Hina sai e então do canto da sala sapatos altos brancos se aproximam e uma voz calma diz:
-Ainda não acho certo isso mas se é para garantir o equilíbrio da escola farei o possível...
-Como será que deve ser o treinamento da Houka-san?
-Não sei, que tal perguntar.
-Vamos lá.
Houka pega várias cartas com uma risada suspeita.
-Hora do show!
6º episódio: Treinamento da Houka

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:21 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2470824,130920142035
6º episódio: Treinamento da Houka.

Houka POV´s on

Me levanto com minha super preguiça de sempre mas olho o belo sol no meu rosto e sinto que o dia será perfeito e meus olhos brilham e então dou um salto alegre para fora da cama e então bocejo alto e vejo um resmungo da sonolenta da Yui-chan mas ela volta a dormir.
-Vejamos o que temos para hoje – pego os meus horários matinais e então faço a higiene pessoal e visto minha roupa e corro para o refeitório onde encontro da Ririchiyo e a Sawako conversando.
-Ohayooooooo!!!!!!!!! – grito alegre.
-Ohayooooo Houka-chan!! – Sawako-chan retribui o grito.
-Ohayo! – como sempre Ririchiyo estava séria.
-Então, muitas aulas chatas hoje? – digo sorrindo.
-Não muito – diz Sawako sorrindo.
-Melhor vocês comerem logo...por favor – Ririchiyo revira os olhos- cadê a Yui-san?
-Dormindo como sempre.
-Ela deve estar cansada – diz Sawako preocupada.
-Não, só é preguiçosa – digo.
E fomos todas tomar nosso café da manhã até que Yui aparece com o cabelo meio bagunçado e então ela se senta do meu lado e o pequeno gato aparece miando.
-Bom dia gatinho lindo – digo sorrindo olhando o gato.
-Lindo e trabalhoso – suspira Yui.
-Qual o nome dele? – diz Ririchiyo.
-Sim!Qual o nome dele?! – também pergunto.
-Hummmm... – Yui pensa um pouco e olha para a frente – Babu.
-Own que nome lindo – meus olhos brilham.
-De onde tirou um nome tão lindo e fofo? – diz Sawako com os olhos brilhando também admirada com o nome do gato.
-Do fundo da minha alma – diz Yui ainda olhando para frente.
-Sim... do fundo da alma – Ririchiyo olha Yui e então da comer.
E depois de todas nós tomarmos nosso café da manhã, vamos para nossa sala de aula. Sawako fica me cutucando quase o tempo todo, Yui ficava olhando a aula e anotando algumas coisas e Ririchiyo ficava com as pernas em cima da mesa bocejando.
-Que aula chata – eu digo bocejando.
-É – concorda Sawako.
Depois disso vamos almoçar todas juntas e ficar conversando no pátio e rindo, após esse momento de descontração começam as aulas da tarde. Eu vou para minha sala, ela era enorme, tinha vários alunos e a professora chega. Uma mulher de cabelo laranja até os ombro e um tom de voz calmo mas confiante e as vezes rude.
-Vamos, abram todos na página 55 – diz a professora que começa a escrever no quadro.
-Lá vamos nós – digo mas sorrio pensando no treinamento que ainda teríamos.
E a professora explica todo o assunto e dá um passo para a frente da sala.
- Todos vocês sabem que magia é algo complicado e complexo, não é só mexer varinha que a mágica acontece, cada um tem um tipo de poder mágico em seus corações e é difícil controla-lo, tem que encontrar a harmonia do seu poder mágico e seu poder físico. Cada feiticeiro tem uma especialidade, alguns com cartas, outros com objetos mágicos, outros com poções , que seja, cada um tem um dom diferente e usem ele para que sejam fortes e mostrem á esse mundo a verdadeira essência de vocês – diz a professora sorrindo.
Todos concordam e anotam o que ela continua a dizer, eu fico olhando ela e o que ela falava, parecia que estava nos treinando para algo, mas que seja é divertido!
E assim termina a aula e vamos para o campo de luta com a professora, ela fica vendo cada magia e cada golpe com cuidado e anotava tudo.
-Agora é sua vez Houka Yuuki. – ela diz o meu nome e eu respiro fundo e então vou para o meio do campo e tiro duas cartas e jogo uma carta para o alto gritando.
-Vamos lá Vento! – e com meu grito, a cartas lança um tornado de tamanho médio e imediatamente jogo outra carta em direção á ele – agora é você, Escudo! – e um escudo verde, como uma parede transparente se forma ao redor do tornado o contendo. Todos ficam me olhando e olhando o que eu fiz meio espantados e eu abro um sorriso e tudo se desfaz e pego as cartas.
-Muito bem senhorita Yuuki – diz a professora anotando tudo.
Depois de treinar mais vezes, voltamos para a sala, onde a professora dá mais assunto e um dever chato de fazer uma redação e assim somos dispensados. Eu saio correndo procurando minhas amigas e então vejo Sawako acenando para mim e paro bem na frente dela.
-Oiii – digo sorrindo.
-Você viu a Yui-chan? – diz Sawako com um tom preocupado.
-Não, por que? – pergunto.
-Ela não esta aqui, não achei ela na sala dela e nem no quarto.
-Será que ela não está com a Ririchiyo-chan?
-Deve ser! Vamos procura-la! – diz Sawako animada.
E então saímos correndo em busca da Ririchiyo e depois encontramos a mesma no pátio olhando para o céu enquanto segurava um pedaço de ferro e então ela avista nós duas e guarda essa ferramenta e se vira nos olhando como sempre séria.
-Oi .
-Você viu a Yui-chan? – digo um pouco ofegante.
-Não, por que?
-Acho que ela sumiu – diz Sawako.
-Creio que não, depois ela aparece – diz Ririchiyo.
-E fazemos o que agora? – digo voltando a respiração normal.
-Esperamos ela – depois disso Ririchiyo se senta no chão e encara nós duas e tira um livro pequeno do bolso e começa a ler.
-Ta – digo sorrindo e eu e Sawako sentamos no chão.
E assim esperamos por um bom tempo e nada de Yui, eu me deito no chão olhando o teto até que escuto uma explosão e então todas nos levamos e vamos em direção ao som. Ao chegar no fim do corredor, vemos sinais de uma pequena explosão, mas pequena mesmo, de uma forma quase não notável.
-O que foi isso? – digo surpresa.
E antes que alguém abrisse a boca para falar, uma criatura toda preta e com um pouco de fumaça na cabeça aparece e caminha lentamente até nós.
-Um monstro! – grita Sawako assustada.
Eu pego a minha carta e então coloco na frente do monstro e grito...
-Vento! – dito isto uma rajada de vento acerta a criatura que cai sentada no chão e o vento foi tão forte que a poeira saiu do corpo da criatura e todas notamos que era a...
-Yui! – grita Sawako surpresa.
-O que houve? – digo sem entender nada.
-Vocês querem me matar ou o que? – Yui diz em um tom meio bravo enquanto me olhava séria e então Babu pula no ombro dela sorrindo.
-Baaaabuuuu – diz o estranho gato.
-Bem... esquece o que houve, vou pro meu quarto tomar um banho – Yui-chan se vira e sai andando.
-O que deu nela? – digo.
-Não devia sair atacando os outros assim – diz Ririchiyo séria e se vira também andando.
-FOI SEM QUERER! – grito meio vermelha de vergonha e acompanho ela junto com Sawako.
Depois desse momento super estranho, eu volto pro meu quarto e me desculpo com Yui que por sorte aceita. Ufa! Que alívio! E então vou dormir tranquilamente, me encolhendo na cama e então apago.

Houka POV’ off

-Que lindo dia não acha? – Houka diz sorrindo.
-Não – Yui se encolhe na cama mas Babu morde sua calda. – AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!
-Hehe ainda é um dia lindo não acha? – diz Houka rindo.
Yui olha ela mortalmente e então suspira.
-Vamos, tenho a leve impressão que hoje o dia não será calma – diz Yui olhando para a janela vendo que ia chover.
-Tem medo de chuva?
-Não, mas do que se esconde nela...

No próximo episódio...

- E como foi o dia da Sawako?
-Não sei! – diz Yui suspirando.
-Vamos saber no próximo episódio né – sorri Houka.
-Acho que sim – concorda Ririchiyo séria.

7º episódio: O dia da Sawako-chan!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:23 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2485900,170920141441
Sawako POV´s on

Eu ando calmamente pelos corredores, ainda era cedo e o sol brilhava levemente. Que pena não sinto sono! Que pena mesmo! Mas bem, continuo a andar e encontro alguns alunos comendo já, me sento no meu canto e fico esperando minhas amigas. Fico balançando minhas pernas e quase uma hora se passa até que avisto a Ririchiyo-sama, ela caminha com um olhar meio sério e se senta do meu lado.
-Bom dia – diz ela séria.
-Bom diaaaa!!! – abro um sorriso.
Vamos fazer nossos pratos enquanto conversamos algumas coisas.
-Treinamento rígido não acha? – diz Ririchiyo-sama o que me faz parar para pensar.
-É... – digo séria.
-Você notou que muitos alunos estão treinando e nem pensam o por quê disso?
-Agora que você falou... eu notei sim, as coisas estão mudando, o clima daqui está mais sombrio e os professores falam coisas assustadoras –faço careta assustada.
-Fique de olho em tudo que acontece aqui – sussurra Ririchiyo.
-Ta! – sorrio e avisto uma menina de cabelos rosas se aproximando.
-Ohayooooooo!!!!!!!!! – grito Houka-chan alegre.
-Ohayooooo Houka-chan!! –eu também grito.
-Ohayo! –Ririchiyo-sama continua séria hihihi
-Então, muitas aulas chatas hoje? –diz Houka-chan sorrindo.
-Não muito –sorrio.
-Melhor vocês comerem logo...por favor – Ririchiyo revira os olhos- cadê a Yui-san?
-Dormindo como sempre – Houka-chan responde apontando para trás.
-Ela deve estar cansada –digo preocupada.
-Não, só é preguiçosa – diz Houka-chan
E enquanto tomávamos nosso café da manhã, Yui-chan aparece com o cabelo todo bagunçado e uma cara não muito boa e o seu gatinho a seguia.
-Bom dia gatinho lindo – diz Houka.
-Lindo e trabalhoso – suspira Yui-chan.
-Qual o nome dele? – diz Ririchiyo-sama.
-Sim!Qual o nome dele?! –pergunta Houka.
-Hummmm....Babu.
-Own que nome lindo –diz Houka-chan
-De onde tirou um nome tão lindo e fofo? –meus olhos brilham com um nome tão lindo e fofinho.
-Do fundo da minha alma – diz Yui.
-Sim... do fundo da alma –diz Ririchiyo.
E depois saímos para nossas salas, mas antes eu tiro do meu bolso um potinho rosa e o abro vendo minhas queridas folhas de hortênsia e começo e comê-las e assim vou para minha sala. Chegando lá, me sento numa cadeira no meio afastada de todas e algumas meninas vem falar comigo, abro um sorriso forçado e converso, mas logo a professora entra na sala, seus cabelos eram curtos ,acima da orelha, cabelos castanhos escuros e olhos tranquilos.
-Fizeram a lição que eu pedi? – diz a professora e todos da sala respondem com um enorme sim. – Ótimo, vamos para uma nova matéria que deve interessar a maioria de vocês!
-Que interessante – digo já começando a me animar e me aproximo mais.
- Ter poderes além desta vida pode ser considerado algo raro e que vocês deveriam ter orgulho, um dos mais interessantes e de grande proveito em uma batalha é a telecinese, mas para isso precisam controlar maior parte da sua mente o que gasta muita energia e poder, mas com prática vocês conseguem, só um aviso, nem todos tem esse poder. Treinem aqui e em seus tempos livres e quero que na próxima aula ou ainda hoje me mostrem se dominam essa técnica.
Fico olhando a professora admirada e a aula passa rápida, vamos todos para a quadra treinar nossos poderes e habilidades, eu prefiro me isolar em um canto e ficar lá sentada no chão concentrando energia para poder desenvolver esse poder incrível. Eu tento e tento mas nada funciona, a pena branca que estava na minha frente não se move, estico minhas mãos até ela e me concentro o máximo que posso só que nada acontece suspiro e passo boa parte do horário tentando e só mais falhas me aparecem. A professa se aproxima de mim e diz:
- Está treinando a telecinese né?
-Sim...mas não consigo – olho o chão.
-Como sabe?
-Não fiz a pena se mover nem um pouco.
-Posso te dizer um segredo? – diz a professora.
-Sim – olho ela me animando um pouco.
-Se concentre e pensa em coisas que te façam mais fortes, em sentimentos que despertaram o seu poder.
E então eu fecho meus olhos e respiro bem fundo , penso nos sentimentos que despertam o meu poder, penso como seria bom meus pais me vendo e dizendo que estão orgulhosos de mim. Do nada meu cabelo flutua um pouco e a pena começa a flutuar e quando abro meus olhos tomo um susto vendo isso e vejo a professora batendo palmas sorrindo.
-Acho que ganhei uma nova aluna de telecinese – diz ela sorrindo.
Depois de uma longa tarde de treino e mais treino de meus novos poderes, eu saio da minha sala meio cansada e saio em busca da Yui, queria contar a ela os meus novos poderes. Vou nada sala dela, nos corredores, no quarto dela,na quadra de esportes mas nada de Yui, então já começo a me preocupar, até que avisto a Houka-chan e então eu aceno para ela.
-Oiii – ela diz sorrindo.
-Você viu a Yui-chan? –digo com um tom preocupado.
-Não, por que? – diz Houka-chan.
-Ela não esta aqui, não achei ela na sala dela e nem no quarto. – digo preocupada.
-Será que ela não está com a Ririchiyo-chan?
-Deve ser! Vamos procura-la! – digo mais animada.
Saímos correndo atrás de Ririchiyo-chan e por sorte encontramos ela no pátio, olhando o céu com um pedaço de ferro da mão, quando ela nos ver guarda ele e se vira nos olhando séria...que medo!
-Oi .
-Você viu a Yui-chan? –Houka-chan estava ofegante.
-Não, por que?
-Acho que ela sumiu –digo.
-Creio que não, depois ela aparece – diz Ririchiyo.
-E fazemos o que agora? – diz Houka.
-Esperamos ela – depois disso Ririchiyo se senta no chão e encara nós duas e tira um livro pequeno do bolso e começa a ler.
-Ta – diz Houka enquanto se sentava no chão, eu resolvo fazer o mesmo.
Demorou muito e nada da Yui-chan, ahhhhhhh estou ficando preocupada. Aí escutamos uma explosão, pequena mas mesmo assim dá pra notar. Vamos para o fim do corredor e...
-O que foi isso? –diz Houka surpresa.
E antes que alguém abrisse a boca para falar, uma criatura toda preta e com um pouco de fumaça na cabeça aparece e caminha lentamente até nós.
-Um monstrooooooooooo!!!!!!!! – grito super assustada!
Houka pega sua carta aparecendo na frente do monstro gritando...
-Vento! – dito isto uma rajada de vento acerta a criatura que cai sentada no chão e o vento foi tão forte que a poeira saiu do corpo da criatura e todas notamos que era a...
-Yui! – grito mais surpresa do que todas lá.
-O que houve? – Houka não entende nada pelo visto.
-Vocês querem me matar ou o que? – Yui diz em um tom meio bravo enquanto olhava Houka séria e então Babu pula no ombro dela sorrindo.
-Baaaabuuuu – diz o estranho gato.
-Bem... esquece o que houve, vou pro meu quarto tomar um banho – Yui-chan se vira e sai andando.
-O que deu nela? – diz Houka.
-Não devia sair atacando os outros assim – diz Ririchiyo séria e sai andando e vou atrás de Ririchiyo.
-FOI SEM QUERER! – grita Houka envergonhada acompanhando a gente.
Na hora de dormir eu subo no telhado e fico olhando a lua, admirando a beleza da mesma e a luz que refletia em minha pele pálida. As vezes eu sinto falta dos meus pais... e do...Natsun.. ahhhhh esquece >.
Sawako POV´s off
-Que lindo dia não acha? – Houka diz sorrindo.
-Não – Yui se encolhe na cama mas Babu morde sua calda. – AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!
-Hehe ainda é um dia lindo não acha? – diz Houka rindo.
Yui olha ela mortalmente e então suspira.
-Vamos, tenho a leve impressão que hoje o dia não será calma – diz Yui olhando para a janela vendo que ia chover.
-Tem medo de chuva?
-Não, mas do que se esconde nela...

No próximo episódio...
- O que será que nossa querida Ririchiyo-sama faz? – diz Sawako curiosa.
-Vamos ver né – sorri Houka.
-Lá vamos nós de novo... – suspira irritada Yui.

Episódio 8º : Sorrindo como sempre!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 5:26 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2536677,290920141730
Ririchiyo POV´s on

Abro os olhos, sinto o sol bater em meu rosto... deve ser um começo bom. Me levanto e faço minha higiene pessoal, pego a Artemis , minha querida foice e vou para o salão de refeições. Caminho lentamente, sem pressa como sempre, minha expressão estava séria, prefiro ser séria maior parte do tempo para não estragar a fama dos shinigamis o que é a ultima coisa que pretendo fazer... Avisto a Sawako e caminho até ela...
-Bom dia –digo séria
-Bom diaaaa!!! –ela abre um sorriso.
Vamos fazer nossos pratos enquanto conversamos algumas coisas.
-Treinamento rígido não acha? –digo a Sawako para afastar a mesma dos pensamentos.
-É... – ela diz séria...estranho...
-Você notou que muitos alunos estão treinando e nem pensam o por quê disso? – resolvo tocar nesse assunto que sempre me intriga.
-Agora que você falou... eu notei sim, as coisas estão mudando, o clima daqui está mais sombrio e os professores falam coisas assustadoras –ela faz careta assustada.
-Fique de olho em tudo que acontece aqui – sussurro desconfiada.
-Ta! –Sawako sorri e olho para o lado e vejo a Houka se aproximar.
-Ohayooooooo!!!!!!!!! – grita Houka .
-Ohayooooo Houka-chan!! –outro grito que desta vez veio da Sawako.
-Ohayo! – digo séria...será que todo mundo aqui só sabe gritar?
-Então, muitas aulas chatas hoje? –diz Houka sorrindo.
-Não muito –sorri Sawako.
-Melhor vocês comerem logo...por favor –reviro os olhos- cadê a Yui-san?
-Dormindo como sempre – Houka responde apontando para trás.
-Ela deve estar cansada –diz Sawako preocupada.
-Não, só é preguiçosa – diz Houka.
Yui aparece com o cabelo todo bagunçado e uma cara não muito boa e o seu gatinho a seguia.
-Bom dia gatinho lindo – diz Houka.
-Lindo e trabalhoso – suspira Yui.
-Qual o nome dele? –pergunto.
-Sim!Qual o nome dele?! –pergunta Houka.
-Hummmm....Babu.
-Own que nome lindo –diz Houka.
-De onde tirou um nome tão lindo e fofo? –diz Sawako.
-Do fundo da minha alma – diz Yui.
-Sim... do fundo da alma –olho Yui com um leve sorriso na boca olhando também a caixa de cereais que tinha o nome “Babu” , já vi de onde veio toda essa originalidade.
E vamos para nossas definitivas sala mas quando vou sair vejo que Yui ia para um corredor e Babu salta do seu ombro e sai correndo e ela sai correndo atrás...estranho...mas prefiro ignorar e vou para minha sala, tudo estava escuro, todos me olham sérios quando vou me sentar na cadeira, e assim passa uma aula chata sobre como segurar sua arma de forma correta...err... eu sei disso mas vamos lá.
- O modo com o qual vocês manuseiam suas armas é muito importante numa batalha – diz um professora de cabelos escuros, de olhar rígido e então ele pega duas pistolas toda de prata e começa a girar em alta velocidade. – Quero que tentem me acertar!
E dito isso, os alunos voaram em cima do professor cada um com suas armas, uma menina lança uma flecha mas ele gira as duas pistolas na frente fazendo a flecha se bater nelas. Um menino saca umas arma mas o professor gira desaparecendo e aparecendo atrás do aluno com as duas pistolas apontadas para o pescoço dele e depois chuta suas costas e aponta o cano de cada para dois alunos que pensavam em se aproximar e então toda a turma corre de volta para seus lugares morrendo de medo e então o professor me encara vendo que eu não sai da cadeira.
-Senhorita Momorya, não quer tentar um ataque? – sorri de forma má para mim.
-Não – digo friamente.
-Por que? Medo? – ele sorri.
-Também não – continuo fria e ele resolve parar de insistir.
-Bem, vou dar uma aula sobre a especialidade de cada arma, cada golpe importante de ser aprendido , golpes de defesa e ataque é claro.
E assim vamos a uma aula chata, pra variar mas me interessei muito quando ele começou a ensinar os golpes com foice, tinha muita coisa que eu não sabia sobre elas...quem dera que meus pais estivessem aqui...ahhhh esquece! Voltando ao lado oficial da Ririchiyo! E depois da aula e das inúmeras técnicas que eu aprendi, fomos para a quadra, a parte prática ia começar agora. Eu saco a minha Artemis, uma foice enorme maior que eu, prata e com as pontas gigantes e brilhantes como a luz da lua. Ergo ela e começo a girá-la em alta velocidade e mando uma menina me atacar com a flecha e ela faz isso, giro a foice para frente e defendo o ataque e em um impulso parto pra cima dela e corto a barriga da mesma e depois dois meninos vem querendo atirar em mim e então giro a foice lançando uma rajada de vento e com outro impulso parto pra cima deles e corto o braço de cada um, um corte leve mas que me desse tempo de juntar os dois com a lança da minha foice e aponta-la para eles...não sei por que, mas os coitados não paravam de chorar depois disso.
Já vi que arrumei confusão...e dito e feito, o professora me leva pra diretoria e leva a menina e os meninos para a enfermagem... vish... e me sento na diretoria, lugar muito sombrio...gostei!
- Acho que a diretora pode brigar com você, mesmo assim gostei muito dos golpes – sorri o professora.
-Ahh, valeu – digo friamente e então a diretora entra e logo o homem que estava do meu lado, corre.
-Vejamos, você acha que pode matar meus alunos? – diz a professora com um olhar de raiva mas quando vê meu rosto, sua expressão fica calma.
-Não. – ainda continuo fria.
-Não vou lhe punir, somente que isso não se repita.
-Por que não vai me punir?
-Porque você já está sendo punida, conheço bem sua história haha, como vão seus pais? – e quando a diretora diz isso, sinto meu coração ferver de raiva.
-NÃO OUSE FALAR DELES! – grito já fora do controle.
-Melhor você sair ou vai se arrepender.
Me viro e vou em direção á porta e escuto ela dizer algo...
-Manda um abraço para o seu pai..ops esqueci, ele não quer você perto dele, você foi ban...
Antes que ela terminasse aquela maldita frase que sempre ouvi a minha vida toda, eu saio de lá e vou correndo para a sala, mas noto que já acabou a aula, ajeito meu cabelo e pego minhas coisas. Vou até o pátio, onde pego a minha Artemis, deixo ela na forma normal , como um simples pedaço de ferro e fico olhando o céu...pensando no que a diretora disse até que Houka e Sawako me tiram dos meus pensamentos, me viro até elas olhando séria e guardo minha arma.
-Oi . – digo fria.
-Você viu a Yui-chan? –Houka diz ofegante.
-Não, por que? – respondo.
-Acho que ela sumiu –diz Sawako.
-Creio que não, depois ela aparece –digo calma.
-E fazemos o que agora? – diz Houka.
-Esperamos ela –digo me sentando no chão tirando um livro no bolso e fico lendo ele.
-Ta – diz Houka enquanto se sentava no chão junto com Sawako.
Demorou e ouvimos uma explosão, pequena mas chamou nossa atenção e então vamos até lá, o fim de um corredor.
-O que foi isso? –diz Houka surpresa.
Uma criatura toda preta e com um pouco de fumaça na cabeça aparece e caminha lentamente em nossa direção.
-Um monstrooooooooooo!!!!!!!! –Sawako grita assustada...para variar aff.
Houka pega sua carta aparecendo na frente do monstro gritando...
-Vento! – dito isto uma rajada de vento acerta a criatura que cai sentada no chão e o vento foi tão forte que a poeira saiu do corpo da criatura e todas notamos que era a...
-Yui! –e mais um grito da Sawako concluído com sucesso!
-O que houve? – Houka fica sem entender.
-Vocês querem me matar ou o que? –Yui diz brava olhando Houka enquanto Babu pula em seu ombro.
-Baaaabuuuu – diz o gato.
-Bem... esquece o que houve, vou pro meu quarto tomar um banho – Yui se vira e sai andando.
-O que deu nela? – diz Houka.
-Não devia sair atacando os outros assim – digo séria e se viro andando e Sawako me segue.
-FOI SEM QUERER! – grita Houka envergonhada acompanhando a gente.

Depois desse dia muito estranho, eu vou para meu quarto, descansar e depois foi dormir. Me viro e fico olhando a lua e pensando nos meus pais...preciso ser forte e esquecer eles...é! É ISSO O QUE EU VOU FAZER!!!

Ririchiyo POV´s off

-Que lindo dia não acha? – Houka diz sorrindo.
-Não – Yui se encolhe na cama mas Babu morde sua calda. – AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!
-Hehe ainda é um dia lindo não acha? – diz Houka rindo.
Yui olha ela mortalmente e então suspira.
-Vamos, tenho a leve impressão que hoje o dia não será calma – diz Yui olhando para a janela vendo que ia chover.
-Tem medo de chuva?
-Não, mas do que se esconde nela...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeSeg Out 06, 2014 6:03 pm

Akuma School Fanfiction-ao-no-exorcist-akuma-school-2566473,061020141859
Yui POV´s on

Os raios de sol batem no meu rosto e sinto uma lambida nele, abro lentamente os olhos e encontro o gato em cima de mim sorrindo e balançando sua calda cinza. Me sento na cama e coço meus olhos bocejando e olho o sol e depois o relógio e me espanto com a hora.
-Ahhh vou me atrasar! – dou um pulo e logo visto minha rouba e saio correndo, esqueço de arrumar meu cabelo!
Corro o mais rápido possível e vejo o gato me seguindo e então paro de correr.
-Volte! – grito.
-Babuuuuu – diz o gato me olhando sorrindo.
-Você não pode ficar rodando por aí – grito novamente.
-Babu babu – diz o bichano.
-Ai ai, então vamos – digo e volto a correr com ele me acompanhando e chego no refeitório com o cabelo todo bagunçado e avisto a Houka, a Sawako e a Ririchiyo, caminho até elas com o gato me seguindo.
-Bom dia gatinho lindo – diz Houka.
-Lindo e trabalhoso –suspiro
-Qual o nome dele? – diz Ririchiyo.
-Sim!Qual o nome dele?! –pergunta Houka.
-Hummmm....
E agora? Por que bota um nome nesse gato enjoado? Aff, preciso pensar em um nome bom rápido...
E então avisto uma caixa de cereais na minha frente e tinha o nome “Babu” nela, ótimo, nome perfeito pra algo de última hora.Voltando...
-Hummmm... Babu.
-Own que nome lindo –diz Houka.
-De onde tirou um nome tão lindo e fofo? –diz Sawako maravilhada
-Do fundo da minha alma – digo disfarçando.
-Sim... do fundo da alma –diz Ririchiyo de forma irônica...acho que ela notou.

E vamos tomar nosso café da manhã, e depois para nossas salas. Babu sobe no meu ombro e vou para minha humilde sala, quando vou passar pelo corredor todos se afastam de mim...com nojo ou medo e escuto comentários desagradáveis mas prefiro ignorar e continuo a caminhar, ao entrar na sala caminho mais rápido para poder evitar os olhares de ódio de todos. O professor chega, ele logo começa a dar aula sobre a arte das trevas.
- A arte das trevas é muito complexa e difícil de se entender, desde a antiguidade que temos indícios da utilização da arte das trevas, em numerosos feitiços, quero ensiná-los um por um.
A aula de arte das trevas é uma das que mais me fascina, não sei por que.
-Vamos começar com um simples feitiço, prestem atenção – diz o professor fechando os olhos e juntando as mãos na frente e o seu corpo brilha e um circulo mágico negro se forma em baixo do mesmo e uma esfera negra se forma na frente das suas duas mãos e então ele abre os olhos – Isso se chama “canalizar as trevas” é um simples feitiço usado por iniciantes, para que eles possam sentir seu próprio poder e conhecer melhor suas habilidades, mas só criaturas das trevas conseguem fazer isso, por isso é pouco conhecido por magos ou simples criaturas selvagens. Agora quero que tentem isso para que passemos para o próximo passo.

Bem...minha hora, vai um por um para a frente do quadro e fazem o que o professor pediu, quase todos consegue, e quando chega a minha vez todos se afastam...por que? Por que ninguém quer ficar perto de mim? Caminho até o centro da sala e fecho os olhos e me concentrando esticando minhas mãos para a frente, me concentro o máximo que posso e entro um círculo azul se forma em baixo do meu corpo e uma esfera azul com preto se forma na minha mão, eu escuto muitos me criticarem com “ ela não é tão forte assim”, “ não sei como matou o próprio pai”, “ espero que ela não consiga”. E respiro fundo e libero mais poder e a esfera aumenta um pouco mais e começa a ficar mais e mais azul e então o professor manda eu parar notando que todos corriam risco. Eu paro e caio de joelhos no chão enquanto todos me olhavam com o mesmo nojo que antes, eu volto para a minha carteira e Babu se deita no meu colo, faço carinho nele com uma expressão séria e pensativa...
“Nada vai mudar mesmo...”
E então um aluno sem querer descontrola a esfera de energia negra e ela sai voando por ai e acaba indo em direção ao pequeno Babu e então ergo minha mão para frente e paro a esfera e a lanço para longe, suspiro aliviada mas quando olho para baixo o pequeno gato não estava mais lá. Ahhh não! Perdi o Babu! Saio engatinhando pela sala chamando pelo gato, mas nada dele e então sem ninguém perceber, saio da sala e vou correndo em direção aos corredores e encontro ele em cima do bebedouro e então chamo o gato mas ele dá um pulo derrubando o bebedouro, passo pela água quase caindo e volta a procurar o bichano. E depois encontro o pequeno animal na cozinha, comendo um pouco de carne que estava em cima da bancada, o cozinha estava com uma faca bem amolada na mão, sorte que estava de costas para a gente, engatinho lentamente e chamo o gato baixinho...
-Vem Babu...vem...senão...
Antes que eu possa completar a frase o gato ao me ver dá um alto miado de alegria, e o enorme homem todo tatuado e gordo que fazia nossas refeições se vira e grita.
-AHHHH MALDITO GATO, VOU MATAR VOCÊ POR COMER TODA A MINHA CARNE!!!!!!!!!!
E ele sai correndo atrás do gato com uma faca e eu saio correndo atrás dele, nós três corremos quase todos os corredores da escola e por sorte eles estavam vazios. Dou um pulo junto com uma voadora no homem que cai de cara no chão desmaiado e saio correndo atrás de Babu que agora estava muito assustado, eu me deparo novamente com o maldito gato, agora ele estava na enfermaria, tinha uma enfermeira e um aluno num “pega”... ecaaa... o gato fica entre os dois e ...
-Babuuuu – diz o gato com uma voz que mais saiu pelo nariz do que pela boca.
-Ahhh um gato – grita a mulher que tenta chutar o gato mas dou um salto e seguro o pé dela e a giro e jogo no seu “aluno” e vou pegar Babu mas... ele já tinha escapado e saio correndo atrás dele.
Saio correndo como doida pra variar e meu cabelo estava mais bagunçado do que antes, vejo pela janela ele do lado de fora, no jardim e vou atrás dele. Lá tinha uma aula sobre plantas, uma mulher ensinava a turma sobre plantas venenosas, chamo o gato baixinho de novo mas de nada adianta e então vou de fininho pegar aquele maldito gato e vejo ele fazendo ... suas necessidades nas flores e sair correndo para dentro do colégio...eitaaa... e então a professora pega numa flor...
-Olha queridos alunos, esse adubo feito somente se outras plantas, o cheiro é agradável... – ela sente o cheiro – eeeeeeeee......... acho que vou vomitar.
Ihhh...não foi em adubo que ela pegou, melhor eu vazar. E com isso saio atrás de Babu e encontro ele na sala de química e poções, a sala da Houka mas estava vazia, acho que eles foram ter aula prática na quadra, aproveito e pego esse gato de uma vez.
-Vem gatinho vem – chamo o gato baixinho.
Babu me vê e sai correndo sobre a mesa e começa a derrubar vários fracos e saio correndo e me arrasto no chão pegando todos eles antes que caíam...ufaaa... ô gato que me dá trabalho esse hein. Me levanto e vejo o mesmo subir a janela e pular em uma arvore e dá lá ir para cima do telhado, suspiro e subo o telhado e caminho lentamente para não cair, estico minhas mãos e então o gato me olha e fica me encarando.
-Por favor...b-ba...babu-chan, precisamos ir – já mudei o tom da minha voz, para algo mais calmo para ver se ajudava.
O felino me olha e se aproxima de mim miando e pula em meus braços e então eu abro eles e abraço o gato e abro um leve sorriso com meus longos cabelos flutuando no ar,até que escorrego e caio do telhado indo direto para um monte de arbusto e caindo lá, depois disso olho Babu e suspiro.
Volto pra escola e então no fim de um corredor, resolvo treinar aquele golpe da esfera, vou dentro de um pequeno quarto e fecho meus olhos e começo a me concentrar, e um círculo se forma em baixo de mim e uma enorme esfera negra se forma em minhas mãos.
-Uauuu eu consegu...
Antes que eu possa terminar a frase, a esfera explode! Sorte que estava tão distante esse quarto que acho que quase ninguém ouviu. Resolvo sair dali e vejo a Houka, Ririchiyo e a Sawako me encarando espantadas. Noto que estava toda cheia de fumaça e suja com a explosão, mas acho que elas devem me reconhec...
-Um monstrooooooooooo!!!!!!!! –Sawako grita assustada ao me olhar.
Houka pega sua carta aparecendo na minha frente e grita...
-Vento! – dito isto uma rajada de vento me acerta e caio sentada no chão e o vento foi tão forte que a poeira saiu do meu corpo.
-Yui! –Sawako grita mas desta vez é de alegria.
-O que houve? – Houka fica sem entender.
-Vocês querem me matar ou o que? – digo super brava por ter sido acertada e Babu pula no meu ombro.
-Baaaabuuuu – diz bichano sorrindo.
-Bem... esquece o que houve, vou pro meu quarto tomar um banho –me viro andando.
-O que deu nela? – diz Houka.
-Não devia sair atacando os outros assim – diz Ririchiyo séria também saindo junto com Sawako.
-FOI SEM QUERER! – consigo escutar o grito da Houka.
Depois de tomar banho e jantar, vou para a cama e quando vou me deitar Babu sobe na cama e se deita do meu lado, me viro em sua direção e fico o encarando...suspiro e começo a fazer carinho no animal.
-Você me deu muito trabalho sabia...mas...até que foi divertido, estava precisando disso depois de tudo que eu passei e ainda passo... arigato...Babu-chan... – e com isso eu caio num sono profundo.

Yui POV´s off

-Que lindo dia não acha? – Houka diz sorrindo.
-Não – Yui se encolhe na cama mas Babu morde sua calda. – AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!
-Hehe ainda é um dia lindo não acha? – diz Houka rindo.
Yui olha ela mortalmente e então suspira.
-Vamos, tenho a leve impressão que hoje o dia não será calma – diz Yui olhando para a janela vendo que ia chover.
-Tem medo de chuva?
-Não, mas do que se esconde nela...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Rin Phantomhive
Admin
Admin
Rin Phantomhive

Mensagens : 184
Data de inscrição : 01/06/2012

Ficha do personagem
Classe: coordenador
Nivel e experiencia:
Akuma School Left_bar_bleue9/500Akuma School Empty_bar_bleue  (9/500)
Dinheiro: 2.000

Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitimeQui Jan 08, 2015 8:44 pm

10º: Quem entra na chuva é pra se molhar.

-Que lindo dia não acha? – Houka diz sorrindo.
-Não – Yui se encolhe na cama mas Babu morde sua calda. – AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!
-Hehe ainda é um dia lindo não acha? – diz Houka rindo.
Yui olha ela mortalmente e então suspira.
-Vamos, tenho a leve impressão que hoje o dia não será calma – diz Yui olhando para a janela vendo que ia chover.
-Tem medo de chuva?
-Não, mas do que se esconde nela...
O dia todo foi aula, das mais chatas e cansativas, o céu estava escuro, nuvens cinzas voavam ao redor do colégio, a impressão é que vinha chuva. A tarde, as aulas acabaram mais cedo e ainda eram 1:00 da tarde, o ambiente estava calmo e tudo estava na maior tranquilidade. Houka estava lendo mangá junto com Sawako, Ririchiyo estava na janela olhando o movimento e Yui estava fazendo carinho em Babu até que o céu começa a escurecer mais ainda e começa a chover.
-Ebaaaaaaaaa chuva! – grita Houka alegre.
-Que frio né – Sawako faz careta.
- Chuva é bom, mas me tras péssimas lembranças – diz Yui falando baixinho.
-Sobre? – indaga Ririchiyo.
-Ahh nada nada, esqueça por favor – disfarça Yui.
-Por que? – indaga novamente Ririchiyo.
-Porque eu... – antes que Yui completasse a frase, um barulho de portas se abrindo ecoa no fim do corredor e todas saem para ver o que era.
A escola estava vazia, completamente vazia e as portas se fecham e o teto começa a se abrir lentamente e a chuva molha o chão, e com poucos segundo elas começa a aumentar fazendo com que a água batesse quase no joelho das garotas.
-Mas o que é isso? – diz Houka espantada.
-Não sei mas se continuar assim vai alagar a escola toda! – grita Yui.
-Vamos procurar uma saída! – diz Ririchiyo começando a andar e todas a seguem.

Yui corre e pega Babu e coloca o gato em cima da escada lá no topo da escola e volta para chamar suas amigas e se depara com a água acima de sua cintura e começa a nadar rapidamente e debaixo da água se bate com algo e então Yui levanta a cabeça e vê uma menina de olhos azuis e cabelos azuis como a água mais clara de um mar calmo, corpo definido e uma farda igual a da escola, inclina a cabeça olhando Yui.
-Olá – diz a garota analisando Yui.
-Oi, quem é você e o que está fazendo aqui? – pergunta Yui.
- Sou Amaya Cho, e você? – pergunta a menina de cabelos azuis em um tom calmo e curioso.
-Sou Yui Nikushimi, sabe o que está acontecendo aqui?
- Isso vai imundar e sinto que criaturas aquáticas vão aparecer – diz Amaya.
-Por que? – Yui pergunta sem entender nada.
-Sou do mar, da água, faço parte dela e sinto tudo ao redor e enquanto conversamos a água está quase no nosso pescoço!
-Ah não! Preciso achar as minhas amigas!
-Então vamos! – diz Amaya.
As duas mergulham e começam a nadar o mais rápido que podem, e elas sentem correntes marítimas debaixo da simples água que as cobria e resolvem se separar para ajudar na busca. Yui começa a nadar em direção ao quarto delas mas nota que a enorme porta que dá acesso aos quartos estava trancada, então ela nada em direção á quadra de esportes e quando está em um estreito corredor sente algo passando por trás da mesma, algo rápido e difícil de ser notado somente pela força que “isto” causou na água, Yui se vira mas não vê nada e começa a ficar preocupada e levanta a cabeça para respirar.
-Tem algo errado aqui.
Em um corredor não muito distante, Houka, Sawako e Ririchiyo nadavam em busca de Yui até algo passa por baixo de Sawako puxando seu pé fazendo a mesma afundar. Houka toma um susto e com poucos segundos ela é puxada também e então Ririchiyo saca sua foice e quando é puxada encara a criatura que era um tipo de tubarão pré- histórico meio gordo e com dentes afiados. O animal abre sua enorme boca para Ririchiyo que gira sua foice fazendo um furacão que afasta a criatura para longe, que resolve mudar de caminho sumindo de vista. Enquanto isso, Sawako pega Houka que estava desmaiada e a leva para a superfície junto com Ririchiyo.
-O que foi isso? – diz Sawako tremendo e super assustada.
- Um tipo de tubarão, nunca vi isso na minha vida, melhor a gente sair daqui o mais rápido possível – diz Ririchiyo pegando Houka em seus braços e Sawako concorda e as duas saem nadando rapidamente, com o tempo a rosada acorda meio tonta mas logo se recupera. E enquanto Amaya nadava ela avista as meninas e vai até elas e logo se apresenta um pouco ofegante, Houka não aguenta e conta tudo sobre o tubarão o que faz Amaya se preocupar...
-Vocês e a Yui correm perigo –diz Amaya preocupada.
-Você conhece a Yui? – Houka se surpreende.
-Sim, conheci faz pouco tempo, me sigam.
E ela mergulha o mais fundo possível e as meninas a seguem, Amaya avista Yui mas o tubarão avista ela primeiro e parte pra cima da menina. Yui sente ser puxada e ao mergulhar vê a criatura assustadora e então grita debaixo da água e com suas mãos segura cada canto da boca do animal e começa a puxar para lados opostos até quebrar todos os seus ossos do local e sangue sair pra todos os lados e se espalhar pela água, Yui ergue a cabeça e avista as garotas e nada até elas.
-Vocês viram isso? - diz Yui.
-Sim, e acho que tem mais criaturas – diz Amaya.
-Vamos para a parte que ainda está seca! – diz Houka.
-Vamos! – concorda Ririchiyo e Sawako.
Elas nadam até as escadas e sobem as mesmas onde encontram Babu olhando todas balançando sua calda e miando sorrindo, Yui balança seu corpo tirando o excesso de água e faz carinho no gato enquanto encarava Amaya.
-Tem mais criaturas né?
-Sim, sinto que existe mais duas delas e sinto que esse sangue pode atraí-los- diz Amaya.
-Como você sabe disso tudo? – pergunto Ririchiyo séria.
-Sou uma criatura aquática, sinto tudo que vem da água e estou aprendendo a controlara – diz Amaya abrindo um sorriso.
-Sim sim, pulando essas besteiras , precisando sair daqui sinto que isso vai atingir o teto em poucos minutos. – diz Yui séria.
-Diria que no máximo 20 minutos – completa Amaya.
-O que fazemos? – choraminga Sawako.
-Já sei o que podemos fazer...o melhor a se fazer nesse momento é matar essas criaturas, assim será mais fácil procurar saídas. Presumo que são mais 2 tubarões e ... – Amaya desce um pouco as escadas e toca a água e seu corpo brilha de forma azul – sinto a presença que outra criatura marinha, uma fêmea que tem um filhote...ohh não.
-O que foi? – pergunta Houka.
-Essa fêmea faz de tudo para proteger seu filhote, é muito ariscado se aproximar dela – diz Amaya.
-Eu me aproximo, não tenho medo e quero sair daqui logo – Yui se aproxima de Amaya a encarando seriamente.
-Muito bem...duas de vocês poderiam matar os dois tubarões enquanto uma procura a saída – diz Amaya confiante.
-Eu mato um tubarão – diz Ririchiyo séria.
-Eu também – sorri Sawako.
-Eu procuro uma saída – completa Houka.
-Eu vou com você, tá? – diz Ayama sorrindo.
-Então tchau! – diz Yui saltando para dentro da água e Ririchiyo junto com Sawako fazem isso mas vão para lados opostos.
-Bem vamos lá? – diz Amaya.
-Vamos – diz Houka e pula com Amaya para dentro da água.

Yui começa a nadar debaixo da água vendo tudo ao seu redor, sentindo a água de temperatura confortável e as correntes que batiam em seu corpo fazendo uma massagem e então ela fecha os olhos e se lembra de algo...

Flash Back on
Uma garotinha de 5 anos ficava catando conchinhas na água e sente a brisa bater em seu rosto e levantar seus cabelos pretos e então ela olha para o lado e vê um homem de batina se aproximar.
-Lindo não é? – diz o homem.
-Sim – sorri a garotinha.
-Aprecie cada momento, principalmente esse simples – continua o homem.
-Tá papai – sorri a garota mostrando seus dentes e suas duas pequenas presas

Flash Back off

Yui toma um susto acordando de suas lembranças e volta a nadar rapidamente até que escuta um barulho na água como o de uma baleia e então ela segue o som...
Richiyo nadava até que escuta algo se mover e sem pensar duas vezes saca sua foice e o tubarão a puxa novamente dá uma investida na barriga nela que recua, a menina gira sua foice e aponta para trás e dá um impulso e corta o tubarão ao meio. Enquanto isso, Sawako nadava na superfície com medo do tubarão e sente uma calda tocar seu pé e nada o mais rápido possível e olha para trás e vê o animal a seguindo e ele se aproxima dela e abre sua boca e então ela grita com medo e estica a mão para frente e segura o tubarão e para de nadar, pegando sua arma e dá vários tiros no tubarão, um após o outros sem parar e depois sorri.
-Tubarão malvado, rum.
Houka e Amaya mergulham e ficam procurando uma saída, vão até a frente do colégio e vê que as portas estavam fechadas com uma parede de ferro, o que causa certas dúvidas em Houka e então um cardume de piranhas loucas aparece em direção das duas. Houka puxa suas cartas e ergue a cabeça gritando.
-Água! – e um furacão de água atinge as piranhas a prendendo.
-Minha vez! – diz Amaya.
Amaya nada e entra dentro do furacão e fecha os olhos se concentrando e seu corpo fica azul, a mesma tira o cachecol que usava mostrando suas guelras e então a água toda se abre e sobe e no final, a menina joga as piranhas para o chão com toda sua força, jorrando sangue pra todos os cantos do chão e da parede.
-Ops...gomenasai – diz envergonhada.
- Bom trabalho – sorri Houka guardando sua carta.
-Ahh não, olhe a água! – diz Amaya apontando para cima mostrando que só tinha um metro até o teto, a água já cobrira tudo.
-E agora? – diz Houka.
-Vamos tentar quebrar essa parede!
-Vamos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://pokemononline123.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




Akuma School Empty
MensagemAssunto: Re: Akuma School   Akuma School Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Akuma School
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Pokemon Ghost Life :: Fan área :: FanFic-
Ir para: